Produtos

Raix110

Ciclo: Curto (50 a 90 dias)

Tipo de solo: Todos

Utilização: Cobertura

Indicado para: Canola - Feijão - Linhaça - Soja

RX 110 é uma composição equilibrada entre gramíneas e crucíferas anuais de inverno, pronta para uso, destinado a cobertura de solo, antecedendo o cultivo de leguminosas, como soja, feijão, entre outras.


CAMPEÃO EM PRECOCIDADE
RX 110, consiste em espécies de plantas de cobertura que crescem rapidamente, mesmo em solos pouco férteis, podendo produzir 4 e 7 toneladas de matéria seca por hectare em 50 e 90 dias respectivamente. Com isso é possível um alto controle de plantas infestantes.

AUMENTO DA INFILTRAÇÃO
RX 110, possui um importante efeito físico no solo, devido ao preparo biológico e altíssimo incremento de biomassa radicular. Com um sistema radicular profundo (podendo ultrapassar 2m de profundidade), tem a capacidade de absorver nutrientes menos solúveis e até indisponíveis a outras espécies, o que o torna um grande reciclador de fósforo.

RUSTICIDADE E ALTA PERFORMANCE
RX 110 é tolerante a condições extremas, como solos com baixa fertilidade, sendo indicado para cultivo em solos arenosos, degradados e exauridos, para recuperar áreas em processo de desertificação. Apresenta assim, uma grande resistência ao ataque de nematoides, e capacidade de reduzir inóculos de doenças de solo.

CONSELHOS DE IMPLANTAÇÃO:

Semeadura:
Época ideal – início de março a fim de agosto
Prof. de semeadura – 2-3 cm

Fertilização:
Antes da adição de fertilizantes, considere os elementos disponíveis no solo e a época de semeadura.

Manejo da Biomassa
Índice de matéria seca: 12 – 15 %
Dessecar 40 dias antes do plantio da próxima cultura, quando ultrapassar 7 ton/ha de matéria seca.

RX 110
Raix rx110 foto6
Raix rx110 foto5
Raix rx110 foto1
Raix rx110 foto2
Raix rx110 foto3
Raix rx110 foto4

Aplicações:

Utilização como forrageira
Resistência da cultura posterior a estiagens
Reciclagem de potássio
Reciclagem de nitrogênio
Reciclagem de Enxofre
Produção de biomassa
Manutenção da temperatura do solo
Duração da palhada após dessecação
Controle de plantas infestantes (inclusive resistentes a herbicidas)
Adição de biomassa radicular
Atividade da biomassa durante períodos de estiagem
Construção da estrutura do solo
Controle de doenças de caule e raiz (Fusarium, Rhizoctonia, Sclerotinia, Macrophomina, Phomopsis, Phytophthora)
Controle de Nematóides
Neutralização da acidez potencial do solo
Melhoria da infiltração de água do solo
Diminuição da compactação do solo
Fitorremediação do solo
Manutenção e desenvolvimento dos inimigos naturais
Manutenção e desenvolvimento de agentes polinizadores
Disponibilização de Fósforo retido no solo